Ícone Segurança Guinzo

O que é uma assinatura eletrônica?

É uma das mais inovadoras formas de assinar documentos pela internet.

Qualquer pessoa pode utilizar.

O Portal do Guinzo-AssinaDocs garante a identificação segura do usuário que irá assinar e também associa evidências probatórias no documento assinado.

Essa modalidade de assinatura não se utiliza de Certificado Digital, neste caso, nós coletamos evidências referentes ao signatário.

Como ela é feita no Portal do Guinzo-AssinaDocs:

  1. A autenticação ocorre por um endereço de email (confirmado através de token) ou acesso ao painel de assinaturas do Guinzo:
  2. Nós coletamos automaticamente evidências que irão comprovar a veracidade daquela assinatura. São elas:
    a) Data/Hora;
    b) Geolocalização;
    c) IP da máquina.
  3. Essas informações serão disponibilizadas para consulta após a assinatura ser feita. Ou seja, qualquer pessoa poderá ver que o documento foi assinado eletronicamente, por quem e quais são as evidências.

Qual é a validade jurídica da assinatura eletrônica?

A assinatura eletrônica está embasada na MP 2.200-2. O Portal do Guinzo-AssinaDocs garante a integridade dos documentos, impedindo que sejam violados ou alterados durante a validação, bem como, seja capaz de atestar a autenticidade dos signatários.

Para saber mais, acesse o conteúdo sobre: Validade Jurídica da Assinatura Eletrônica

Como o documento é protegido?

Utilizamos o hashing – algoritmo SHA-256 – para proteger a integridade de Documentos. A verificação baseada em hashing assegura que um arquivo não foi alterado, ao comparar o valor de hash do arquivo com um valor previamente calculado.

Para saber mais, acesse o conteúdo sobre: Verificação de Assinaturas Eletrônicas

A assinatura eletrônica substitui um registro em cartório?

Não. Apesar de possuir validade jurídica através da MP 2.200-2,  por não utilizar um Certificado Digital, não possui a mesma validade que um registro e autenticação em cartório

Posso assinar um contrato misturando assinatura eletrônica e manual?

É possível utilizar-se da assinatura eletrônica e assinatura de próprio punho no mesmo documento, é o que chamamos de assinatura híbrida.

Nesse processo é recomendado um gerenciamento de risco para se precaver de problemas futuros efetuando a guarda do documento físico.

No caso onde o cliente irá propor um contrato assinado de próprio punho, esse mesmo documento deve ser mantido a guarda e a cópia do mesmo assinado eletronicamente.