Icone Geral: Duvidas sobre Gestão Empresarial

Certificado Digital é uma assinatura com validade jurídica que garante proteção às transações eletrônicas e outros serviços via internet, permitindo que pessoas e empresas se identifiquem e assinem digitalmente de qualquer lugar do mundo com mais segurança e agilidade.

Qual a diferença do Certificado Digital A1 e A3?

Representação do certificado digital A1 e A3

Certificado Digital A1

É emitido e armazenado no computador ou no dispositivo móvel (smartphone ou tablet). Tem validade de 1 ano.

Certificado Digital A1

Certificado Digital A3

É emitido e armazenado na mídia criptográfica (Cartão ou Token). Tem validade de 03 anos.

Certificado Digital A3

O Certificado Digital A1 é mais vantajoso porque você tem mobilidade quanto ao seu uso e não fica limitado ao uso de apenas uma máquina e equipamento.

Temos um explicativo das diferenças também em vídeo, veja:

Para emitir NF-e preciso de Certificado Digital?

Sim, para ter validade jurídica, a nota fiscal eletrônica precisa de uma assinatura digital, para confirmar sua autenticidade e provar que foi a sua empresa que emitiu a nota.

Como funciona o uso do Certificado Digital na Emissão da NF-e?

  1. Primeiro para assinatura digital do documento eletrônico. O certificado digital deverá conter o CNPJ de um dos estabelecimentos da empresa;
  2. Segundo precisará do certificado para transmissão do documento eletrônico para a Secretaria da Fazenda e recuperar a resposta com a autorização de uso, rejeição ou denegação da NF-e.

Importante: apenas o certificado digital que efetuou a transmissão do arquivo eletrônico poderá resgatar a resposta de Autorização de uso, rejeição ou denegação.

Quer saber mais sobre o que é Nota Fiscal Eletrônica? Clique aqui.

Dúvidas Frequentes sobre o assunto:

São dois conceitos principais que ajudam a manter a confidencialidade e a segurança de transações e documentos:

  1. Por Criptografia: tudo sobre Certificado Digital gira em torno de informações criptografadas. Afinal, é preciso que esse documento esteja protegido de ações maliciosas da internet e de possíveis acessos indevidos.
  2. E por Chave Pública: para realizar as transações necessárias sem comprometer a integridade dos dados do documento, existe a chave pública – um número por meio do qual tudo sobre Certificado Digital pode ser compartilhado. Então se quer compartilhar documentos, informações ou transações com outra empresa adepta à Certificação Digital, é preciso ter em mãos a chave pública.

Possibilita operações como:

  • Assinar e enviar documentos pela internet;
  • Logar-se em ambientes seguros;
  • Realizar transações bancárias;
  • Assinar NF-e, Conhecimentos de CT-e e Manifesto do Destinatário;
  • Enviar as declarações de sua empresa, como: imposto de renda de Pessoa Jurídica;
  • Assinar escriturações contábeis e fiscais, etc.

Além dos benefícios:

  • Aumento da credibilidade e confiabilidade;
  • Redução de custos (documentos eletrônicos passam a ter validade jurídica e não é mais necessário reconhecer firma em cartório);
  • Redução do risco de fraudes na empresa;
  • Redução da burocracia;
  • Garantia de privacidade e maior segurança nas transações eletrônicas.

Conteúdo revisado e atualizado em: 27/12/2019. Fonte Informação: Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI)

No Guinzo você gerencia seu Negócio com um Sistema Online, Completo e que pode ser personalizado com as funções que mais se adaptam à sua Gestão.

Fale com Especialista

Acesse nossa Base de Conhecimento:

Guinzo Docs

Acesse os tutoriais e base de conhecimento do Sistema Guinzo
Acesse

Guinzo Blog

Acesse os conteúdos relacionados sobre o mundo das empresas
Acesse